Sem categoria

SPDM contra o Aedes Aegypti

Assista o vídeo com o infectologista Marcelo Burattini, com dicas de combate ao mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya

Faça a sua parte no combate ao Aedes aegypti

Dicas práticas
Uma vez por semana, efetuar inspeção e limpeza de todos os pontos que apresentam risco de presença de ovos e larvas dentro e no entorno da sua casa, como caixas d’água, vasos sanitários, bandeja de geladeiras e de ar condicionado, vasos de plantas, filtros de água, calhas e lajes, entre outros.

O que fazer
– Vasos de plantas – eliminar a água dos pratinhos e preencher com terra ou areia. Não utilizar bolotas de argila;
– Vasos com flores de corte – trocar diariamente a água;
– Filtros ou potes de água – manter limpos;
– Caixa d’água – vedar com tela de mosquiteiro, amarrada com elástico ou arame, pois o mosquito consegue penetrar entre a caixa e a tampa;
– Tambores, bombonas, barris e latas – manter virados, para não acumular água;
– Baldes e bacias – manter virados, para não acumular água;
– Bandejas de geladeira e de aparelhos de ar condicionado – manter limpos e secos;
– Ralos – manter limpos, fechados ou telados;
– Piscinas – manter limpas, com a água clorada;
– Manter os vasos sanitários sempre fechados e com cândida;
– Vasos sanitários pouco utilizados – acionar a descarga diariamente. Efetuar limpeza com escova e colocar cândida, pelo menos uma vez por semana;
– Caixas de descarga sem tampa e sem uso diário – tampar e acionar a descarga diariamente;
– Calhas – manter limpas, sem acúmulo de água;
– Lajes – manter limpas e secas;
– Aquários – manter cobertos com tela fina, amarrada com elástico ou arame;
– Bebedouros de animais – lavar com escova e trocar a água diversas vezes ao dia;
– Oco de árvores e cercas de bambu – esgotar a água acumulada e preencher com terra ou areia fina;
– Locais externos, com acúmulo de água, como postes de iluminação – esgotar a água e preencher com terra, areia ou pedriscos, inclusive em parques e jardins;
Instalar tela de proteção em portas e janelas.

IMPORTANTE
• Forme um conselho de bairro para fiscalização dos arredores. Havendo necessidade, entre em contato com a Secretaria de Saúde ou Vigilância Sanitária do seu município, para informar sobre imóveis ou veículos abandonados, terrenos baldios e áreas contendo lixo e água empossada.
• Converse com seus vizinhos
• Oriente seus filhos
• Não acumule lixo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *