Quem somos

Meu nome é Joey apelido tenho 27 anos, sou Mineiro, Poeta, Artista, Nerd, Amo WordPress, Adoro Internet, Faço Blogs Sites, Atualmente estou cursando Técnico em Informática, Estou aqui para aprender com vocês, Gosto de Rock, Tenho Esquizofrenia Indiferenciada cid10 F20.3, Faço Uso de queatiapina, Sertralina e Aristab. Já tive varios diagnostico, Tomei vários remedios, Estou estabilizado.O que vem em minha mente e a construção desse site quero que você ajude-nos de sua opinião, comente. divirta-se. informe-se, o objetivo desse site e unir pessoas que tem as varias tipos classes de esquizofrenia ajudar portadores familiares profissionais.

5 Comments

5 Comments

  1. Olga

    8 de setembro de 2015 at 21:23

    Olá, meu nome é Olga, sou portuguesa e tenho esquizofrenia. Estou estabilizada há 1 ano.

    • Valquiria Calixto

      12 de dezembro de 2016 at 14:23

      Ola que benção, fico muito contente por você e pela sua família parabésn pela conquista, meu irmão ainda não aceitou o tratamento mas eu creio que um dia ele atingirá essa maturidade como você,

  2. cristiana

    20 de julho de 2016 at 10:29

    Guiilherme parabens por esse site eu ontem dei meu depoimento e vi outras curiosidades de esquizofrenia a filha que tem a mae com essa doenca e que bom q ela pode ter alguem q cuide dela com todo amor e carinho.acho que amor e carinho ja melhoram muito comecando dentro de casa com um portador de squizofrenia.obrigada por mostrar um pouco sobre isso.a musica me alivia muito;desde meus 17 anos fazia aula de canto.agora to parada,e gostaria de contribuir com esse site como e q eu faco?

  3. Jaqueline da Silva Lima

    23 de novembro de 2016 at 04:53

    Olá, eu sou a Jaqueline . Minha irmã Fernanda de 18 anos há um ano está com sintomas de esquizofrenia e está sendo medicada com quetiapina, amytril e Olanzapina, infelizmente não observamos avanços … segundo a psiquiatra é um estágio avançado … até me surpreendi com as postagens de vcs… me desculpem a ignorância talvez, mas vcs tem uma vida normal?

  4. Guilherme

    7 de abril de 2017 at 21:48

    Guilherme, parabéns pela sua iniciativa. Sou pai de um rapaz de 24 anos com esquizofrenia e sei o sofrimento e a dificuldade que esse distúrbio causa, tanto para os pacientes como para familiares e amigos. Um abraço!

Deixe uma resposta

To Top