Depoimentos

Depoimento de Portadores e Profissionais da área de Saúde

Olá pessoal
Vou dar um depoimento de uma doença que não é nada fácil e entendo o que se passa. Meu apelido é Joey não quero me identificar. Tenho 27 anos, 28 agora em março, mineiro, gosto de música, internet, formando em técnico em informática e se afastando disso de vez apesar de amar wordpress e fazer sites como www.esquizofrenia.blog.br e outros. Recentemente fiz um exame neuropsicológico que falou algumas coisas que já sabia e frisou outras, tenho dificuldade matemática, coisas lógicas, como programação de computadores, etc. etc. Queria muito fazer a reabilitação para conseguir fazer coisas bobas como alguns cálculos e ter meu raciocínio melhor, mas não tenho condição de pagar, faço tratamento desde de criança e aos 14 anos de idade fui ao 1º psiquiatra, estou tentando a aposentadoria, mas sabe como é né, Brasil … (risos) um pouco complicado apesar de ter direitos que só ficam nos papéis. Faço uso de Olanzapina, Sertralina e Aristab, tenho esquizofrenia indiferenciada conforme o último diagnostico concreto, sou católico, gosto de artes, pinto telas, ou seja, tento né. Minha mãe foi diagnosticada com câncer de mama, não sei até quando vou ter meus pais, só sei que não vai ser fácil. Estou estável, porque a cura nunca, só estabilidade. Faço sessão terapia quinzenalmente e vou ao psiquiatra de 2 em 2 meses, sou católico e quero dizer o que me ajudou muito foi Deus, ele que trouxe a estabilidade através de meus profissionais, não aprendo nada, não posso trabalhar, porque não dou conta, queria só ser feliz, ter uma companheira que compartilhasse o mesmo que eu e me entendesse.

“Espero que hoje seja melhor do que ontem”. Capital Inicial

Uma coisa aprendi, você precisa sempre do trio DEUS, PSIQUIATRA e PSICÓLOGA os 3 estão ligados e vai te trazer a cura ou a estabilidade. Também não gostava de psiquiatra, quando iniciei meu tratamento pensei que era médico de doido (risos) é mesmo kkk, brincadeira. Sempre quando ia na igreja falava “Jesus Cura-me com todo o seu Amor” e foi dito e feito estou bem graças a ele. Tenho mais disposição concentração para ler livros, escrevo sonetos modernos .

Desde criança era quietinho, tinha poucos amigos.

Fiz o Pré-Escolar normalmente, depois fui para uma Escola particular, estudei de 1ª a 4ª, encontrei dificuldade.

Nos fatos fundamentais e Matemática, passava sempre pela orientadora ela fazia testes em mim, pedia para desenhar coisas, etc.

Então fui encaminhado para o Neurologista, na Capital.

Sendo assim ele diagnosticou-me com déficit de atenção.

Tomei um remédio importado da Argentina chamado

Tamilan. Nisso fui desenvolvendo na escola. Um dia peguei uma prova de matemática e joguei no lixo, nem sei por quê.

Depois a orientadora me indicou para ir para escola pública.

Cursei na rede estatual de 5ª a 8ª, fui para turma do fundo, comecei a fazer bagunça, como me arrependo muito disso, nunca usei drogas e o governo tinha uma lei que promovia o aluno, sem saber então fui sendo empurrado, não estudava e passava de ano, aos meus 14 anos passei para o turno a noite por que gostava de dormir até tarde. Aos 14 anos, na 8ª série eu acho, comecei a chorar , ter mania que os outros estavam me perseguindo, ficar nervoso, coisas estranhas, dores no peito, emocionado fácil, novelas chorava, etc. filmes. Então fui ao meu 1º psiquiatra aos 14, onde não queria ir e pensava que era médico de doido; não era doido por que eu ia ir, não aceitava , e nisso passei por vários médicos, psiquiatras, clínicos, neurologista, psicólogos, psicopedagogos, homeopatas e sempre indo ao psiquiatra, sempre. Quando eu era criança fazia aula de natação, não aprendi a nadar, fazia aula de música, não aprendia. Fazia um método japonês de matemática, não aprendia e assim foi. Foi difícil chegar neste diagnóstico mas esse é o final faço tratamento, gosto de rock, fazer sites, tenho medo, as vezes tenho muita ansiedade e estou aqui para falar de mim se alguém quiser entrar em contato pelo email .

Um abraço e sem mais …

Não trabalho, não tenho uma renda, quem quiser ajudar de alguma forma eu agradeço. www.esquizofrenia.blog.br

Para todos que me derem uma ajuda enviarei o meu e-book.


 

 


 

13 Comments

13 Comments

  1. Edezia

    19 de novembro de 2015 at 01:35

    Ouço os espíritos e eles me fazem medo ..Gostaria de saber se ouve tambem

    • Edezia

      19 de novembro de 2015 at 01:42

      Eles já me falaram sobre ina da justica..Lei de taliao ..mensageiros de Deus..João 23..iluminatis. .prece de caritas. .alziro zarur. ..que os espíritos não são bons.. que são opressores. .Mateus 10..que sou um inócuo. . Que proclastinei minha ida ao céu. .. monte das oliveiras. .etc.. Gostaria de saber se é comum ouvir isso dos espíritos

    • Paulo

      12 de abril de 2016 at 19:49

      Isto é relativo ouço vozes sobrepostas aos ambientes que me cercam( vizinhança ), o que levaria sim se o fosse, mais natural ou progressivamente a evitar ficar em casa sozinho ou comigo mesmo necessitando da atenção dos outros…, ouço pessoas conhecidas, conversando e ás vezes há outras pessoas no lugar ou ninguém lá.
      Percebo nisto que não importa como te atinja, ou como reconheça isto pra você, você tem medo ou se perturba, são ideias ou julgamentos, moral e conduta, você fica inseguro
      e ansioso; já passei por muitos níveis como o seu, mas isto é mais do que sintoma mas respostas dos nossos sentidos e onde estamos acomodados do que não podemos ser diferentes…

  2. fernanda

    22 de dezembro de 2015 at 01:06

    Não vejo nenhuma resposta positiva é isso mesmo?? Estamos fadados ao sofrimento???
    Ass: familia que não vê nada de bom aqui

  3. Henrique

    14 de abril de 2016 at 14:08

    Não somos perfeitos nem a vida seria…,a questão é que antes mesmo de nos culparmos nos condenamos enquanto os outros simplesmente convivem com isso tudo que passamos sem esta culpa a qual nos condenamos.

  4. Lu

    13 de junho de 2016 at 04:38

    Ola. Achei interessante vc compartilhar sua experiência com a esquisofrenia. Tenho uma pessoa com sérios problemas, ela n aceita o diagnóstico e se recusa a fazer o tratamento, só d falar nisso ja fica agressiva.

  5. hely venancio da silva

    12 de julho de 2016 at 16:57

    Sou esquizofrenico, quero que um diá tudo isto acabe,
    já fui internado em todo tipo de lugar máis estou melhorando,
    amanha~tenho que ir para o caps,
    não queriá esta doençá eu queria outra e não está.
    hely venancio da silva musico uberaba mg.

  6. Farias

    12 de julho de 2016 at 20:36

    Oi boa tarde. Recebi o diagnóstico a pouco tempo e estou em fase de tratamento, mas as vezes falho em tomar a medicação de forma regular e as vezes eu bebo e fumo. Esses dias tive alguns surtos que me assustaram bastante e me fez pensar: será que não posso nunca mais me divertir com meus amigos ou beber ou sair? será que vou tomar remédio p/ sempre? e quando minha mente ficar prejudicada? ou é ficar dependente de medicação ou sofrer de alucinação. eu estou com muito medo e só a ideia de deixar de ser quem sou me deixa preocupado, ansioso. Eu tenho tanto medo

  7. cris

    20 de julho de 2016 at 02:10

    tenho trantorno de ansiedade e panico sempre fui mal na escola eu nao me comunicava co ninguem e tirava notas baixas quando crianca via vulto no meu quarto tinha medo mas nao ligava meu pai ja falecido era agressivo me lembro que uma vez pedi q parasse de fumar e me deu um soco no estomago.e falava q eu era defeituosa que eu tinha nascido com defeito.isso doi.minha maeque cuidava de mim em tudo.nos eramos muito unidas.ela morreu tinha 22 anos por ai sinceramente nao tive luto na morte dela .so depois a ficha caiu comecei a ter pesadelos com ela e eu nao queria falar mas tava acontecendo umas coisa comigo.ate que um dia falei com meu pai .teve uma vez que voltei da igreja quando ainda frequentava.quando meu pai abriu eu tive medo de entrar achava q tinha gente no quarto dele que ia me matarou me azer mal.nao conseguia entrar fiquei horas na porta pra conseguir entrar na minha casa .eu acho que nunca falei disso a terapeuta nenhum nem quando crianca que via vultos e ficava calada.eu to em busc de ajuda mas hoje tenho vergonha de pedi .e ligar p varios terapeutas e sempre querendo ajuda solucoes e muito ruim ter esquizofrenia da uma sencacao q ninguem gosta de vc e eu comeco a me fechar .bom fui internada e as vezes vem uma sensacao de que se eu nao me sinto aceita nao tomo mas a medicacao p minha doenca so rivotril.eu gostaria de voltar a ser feliz mesmo tendo que conviver com minha doenca.agora meu mundo e internet e tenho medo de tudo.me defendo atraves de grosserias.masnunca fui assim.tdo acho que e p mim.q falam de mim que tao me criticando…so quem tem esquizofrenia sabe a dor a angustia que e.

  8. Regiani

    16 de agosto de 2016 at 16:36

    Quero colaborar… ser voluntária …

  9. Wandy Coiffeur

    25 de agosto de 2016 at 13:57

    Olá eu me chamo Vanderlei
    Bom o que tenho a dizer que também sofro dessa doença;
    Mas temos que levar essa patologia mais leve o possível para não sofrer e deixar de aproveitar as coisas boas da vida. Os medicamentos não sem por cento mas tem que haver um pouco de nós para sair dessa, procurar entender as nossas limitações e acreditar que podemos ser feliz, força de vontade, tem dias que estamos bem outros já não estão também assim, mas é preciso lutar contra a doença e querer vencer, um pouco de força da pra se viver bem com essa doença” esquizofrenia”
    Bom eu estou em tratamento ja passei por muitas fase da doença assim como todos vocês estou tentando superar dia a pós dias, hoje foi um dia que acordei sem vontade de fazer nada mas sai da cama e fui fazer oque mais gosto ler passando no blog vi o depoimento e o relato de vocês e pensei vou deixar uma breve apoio meu aqui, sei que não é fácil mas com os medicamentos podemos ficar mais tranquilos, não teremos surtos e tudo que tenho a dizer nesse momento, continue se tratando e buscando força dentro de cada um de vocês amanhã e outro dia e temos um Deus que tudo sabe lá no ceu e se deu essa cruz para nós porque saberia que tinhamos condições de carregar, breve teremos o descanso pra nossas vidas pois essa vida aqui é só uma passagem, quantas pessoas com problemas piores que o nosso não vive nesse mundo e estão lutando. Reflexão
    Um abraço desse irmão esquizofrênico
    Não desanime

  10. Glaucia

    6 de setembro de 2016 at 19:03

    Meu filho de 16 anos começou a apresentar alguns desses sintomas citados. Eu e meu esposo estamos preocupados, ainda não o levamos ao médico mas tão logo o faremos. Tudo indica que ele tem esquizofrenia ou algo parecido. Isso me deixa triste, mas ao mesmo tempo me torna tentar ser mais forte, ainda mais se confirmado. Quero dividir com ele todo sofrimento, tratamento e vitórias. Também gostaria de ser voluntária.

  11. hely venancio da silva

    12 de dezembro de 2016 at 16:17

    RELATOS VIVIDOS POR UMA PESSOA QUE TEM ESQUIZOFRENIA
    HELY VENANCIO DA SILVA

    ERA TARDE DE UMA QUINTA-FEIRA EU ESTAVA NA MATERILAR,
    MATERILAR ERA A ONDE EU TRABALHAVA QUE MINHA ESPOSA TINHA ARRUMADO,
    UM EMPREGO LÁ PARA MIM,
    ESTAVAMOS AMAZIADOS Á POUCO TEMPO,
    LÁ ERA UMA LOJA QUE VENDIA MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO,
    É EU TAMBEM JÁ´ TOCAVA TECLADO PARA CANTORA GLAUCI MARA DE CONQUISTA
    CERTO DIA, NUMA SEGUNDA FEIRA, ME SENTI MUITO CANSADO.
    É ESSE CANSAÇO ERA ESTRANHO POIS EU TINHA DORMIDO BEM,
    NA NOITE ANTERIOR,
    FUI AO MÉDICO DR. FROID, PISSIQUIATRA,
    É ELE ME DEU O DIAGNOSTICO.
    VOÇE´ESTÁ COM ESQUIZOFRENIA,
    BEM EU SAI DE LÁ EM PRANTOS,
    NÃO CONSEGUIA NEM CONTAR PARA O MEU MELHOR AMIGO,
    AÍ TA´,.

    VOLTEI PARA CASA E NO PREDIO AONDE EU MORAVA,
    O MEU TIO FEZ UMA VARANDINHA E LÁ COLOQUEI UM BELIXE,
    AI EU TOMAVA CAFÉ ALMOÇAVA E REMÉDIOS,
    E MESMO ASSIM EU JÁ ESTAVA EM OUTRO GRUPO DE PAGODE,
    FUI DO MANIA DE SAMBAR,
    MISTURA DE RAÇA,
    SELO PEDAGIO,
    E TODOS NA EPOCA DO CALÇADÃO DA ARTUR MACHADO AI TUDO BEM,
    UM DIA SUBI NO MURO DE MINHA CASA JÁ QUE MORAVAMOS JUNTO EU E MINHA ESPOSA,
    E JOGUEI AGUA EM UM CASAL QUE ESTAVA PASSANDO E EU FALAVA QUE QUERIA VOAR.
    UM DIA FUJI DE CASA E FUI TENTAR PULAR DA PONTE DE DELTA EU ESTAVA EM UMA BICICLETA DO MEU IRMÃO,
    PEDI CARONA NA RODOVIA E FUI,
    POR SORTE O MEU IRMAO CHEGOU JUNTO LÁ DE MOTO E ME TROUXE,
    OUTRA VEZ TAMBÉM MEU IRMAO SALVOU MINHA VIDA FUI PARA Á RODOVIA SENTIDO ARAXÁ,
    E ELE DE MOTO DENOVO SALVOU MINHA VIDA,
    OUTRA VEZ TINHAMOS UM RANCHO,
    UMA POSADA,
    -SAI DE LÁ ANDEI UNS TRINTA QUILOMETROS ENTREI DENTRO DE UM CANAVIAL ESTAVA BEM DE NOITE BEM DEMADRUGADA,
    QUANDO ACORDEI DO SURTO,
    FUI SEGUINDO O MEU ESTINTO E PEDI AJUDA EM UMA CASA DE UMA PROPRIEDADE RURAL,
    UMA PEQUENA FAZENDA,
    ANTES DISTO ACONTECER TAMBEM SAI DE CASA COM Á BICICLETA DO MEU PRIMO E FUI PARA SENTIDO FOSFERTIL EU IMAGINAVA QUE IA CHEGAR NO RANCHO DA MINHA MÃE MAIS PEGUEI OUTRA ESTRADA UMA ESTRADINHA DE TERRA NO QUAL EU PASSEI EM UM CORREGO E SAI EM UMA FAZENDA TINHA RODADO UNS TRINTA QUILOMETROS JÁ E QUANDO EU IA CAIR DA BICICLETA VI O CARRO DO MEU PAI E QUE ERA UMA PAMPA AZUL E COLOQUEI A BICICLETA EM CIMA DELA E CHOREI POR VE-LO,É FOMOS PARA CASA.
    OUTRA VEZ SAI DAQUI DE MOBILETE CICLO MOTOR JAGUAR CINQUENTINHA,
    E FUI PARAR EM ARAXÁ, E O MEU PAI PEGOU MEU PRIMO E ME TROUXE EU E O CICLOMOTOR,
    EM UMA CAMINHONETE CABINE DUPLA,O CICLO MOTOR VEIO PARA UBERABA NA CARROCERIA.
    COLOQUEI UMA VEZ FOGO EM MIM COM UM LITRO DE ALCOOL DE POSTO DE GASOLINA QUE EU COMPREI MAIS MINHA MÃE ESTAVA PERTO E NÃO DEIXOU ACONTECER NADA ELA ME CUBRIU COM UMA TOALHA E EU FUI INTERNADO NO SANATORIO ESPIRITA,
    MAIS NÃO QUEIMEI NADA. ELA FOI MAIS ESPERTA QUE EU ME COBRINDO COM UMA TOALHA.
    OUTRA VEZ COLOQUEI FOGO EM MINHA CASA FIQUEI NOVENTA DIAS INTERNADO NO SANATORIO ESPIRITA.
    TAMBEM FUI DE MOBILETE NO RANCHO DA MINHA MÃE E NO COUNTRY CLUBE.
    CERTA VEZ EU TOMEI UMA CARTELA DE DIASEPAN,FUI PARAR NO PRONTO SOCORRO,
    E UMA VEZ TOMEI UMA CARTELA DE ZIPREXA,TAMBEM FUI PARAR NO PRONTO SOCORRO QUASE MORRI!
    FUI DUAS VEZES PARA O CAPS,E QUARENTA E DUAS VEZES PARA O SANATÓRIO ESPIRITA DE UBERABA NO QUAL TENHO MUITAS AMIZADES LA COMO Á ENFERMEIRA SIRLEI,
    E O DR. EURIPEDES BARSANULFO, QUE EM QUASE TODAS INTERNAÇOES, FOI O MEU MEDICO,
    E OUTRAS PESSOAS ENFERMEIROS MÉDICOS E AMIGOS.
    ENTERNEI-ME TAMBÉM NA CLINICA SAIÃO EM ARARAS (SP)
    O LIVRO TERMINA AQUI,
    TENHO UM TOQUE PARA VOCE, SE VOCE FOR ESQUIZOFRENICO,
    SE VOCE TIVER ESQUIZOFRENIA IGUAL A QUE EU TENHO,
    ESQUIZOFRENIA NÃO TEM CURA,
    TEM CONTROLE,
    É SÓ VOCE TOMAR Á MEDICAÇÃO,
    ASSIM, VOCE NÃO ENTRA EM NENHUMA CRISE NEM EM SURTO,
    EU APRENDI ASSIM:
    HOJE EU TRABALHO,
    DIRIJO O MEU CARRO,
    CUIDO DA MINHA MAE QUE É IDOSA MAIS TODOS OS DIAS,
    DE MANHÃ E Á NOITE EU TOMO Á MEDICAÇÃO,
    É É ISSO AÍ !! OBRIGADO.
    FIM.

Deixe uma resposta

To Top